Assista aqui o 5º SIEI ao vivo

SIEI

Norteada pelo tema “Educação Integral: Múltiplos contextos, diferentes caminhos”, a quinta edição do Seminário Internacional de Educação Integral – SIEI no Brasil acontecerá nos dias 24 e 25 de setembro. O evento é promovido pela Fundação SM em parceria com o Canal Futura, CENPEC, Centro de Referências em Educação Integral, CIEDS, Instituto Alana, Instituto Rodrigo Mendes, Instituto Tomie Ohtake, Sesc e SM Educação.

leia mais

Informações

A quinta edição do Siei terá um dia de palestras (24 de setembro), que serão realizadas no Sesc Vila Mariana; e um dia de atividades opcionais (25 de setembro), que acontecerão em espaços educativos e culturais de São Paulo. Consulte os mapa e confira a localização dos eventos.

saiba mais

Confira a programação

08h30

Credenciamento
ver detalhes

08h30

Credenciamento


09h30

Abertura
Performances poéticas bilíngues com Slam do Corpo
ver detalhes

09h30

Abertura

Performances poéticas bilíngues com Slam do Corpo


10h30 às 11h30

Mesa 1
Desafios da sociedade contemporânea e o papel da educação

Participação:

Elisa Lucinda

Flávia Oliveira

Mediação:

Rodrigo Hübner Mendes

ver detalhes

10h30 às 11h30

Mesa 1

Desafios da sociedade contemporânea e o papel da educação

Esta mesa tem como objetivo debater os desafios da sociedade contemporânea, em particular o Brasil, e o papel da educação pública na superação das desigualdades e no enfrentamento dos diferentes tipos de discriminação, como o racismo, o machismo e a LGTBQI+fobia, ainda estruturais no País.

Elisa Lucinda

Participante

Poeta, atriz, jornalista, professora e cantora, Elisa Lucinda nasceu ao meio dia, de um domingo de Carnaval, na cidade de Vitória do Espírito Santo, em dia de Yemanjá. É uma das autoras que mais vendem no Brasil. Seus livros, em sucessivas edições, percorrem o País sendo lidos, interpretados, encenados, enquanto seu nome figura dando títulos a bibliotecas e outros espaços de leitura. Elisa, que, nas palavras de Nélida Piñon, “tem a linguagem em chamas”, possui dezessete livros publicados, dentre os quais a Coleção Amigo Oculto, de livros infanto juvenis, que lhe rendeu, em 2002, o prêmio Altamente Recomendável (FNLIJ) por A menina transparente. Lucinda encena e circula muito de sua obra pelos palcos brasileiros e estrangeiros, e comemora o reconhecimento de ser uma das escritoras que mais popularizam a poesia em nosso tempo. Versos de Liberdade, que ensina a palavra poética aos jovens que cumprem medidas, é um dos projetos que a sua instituição Casa Poema desenvolve, entre cursos de Poesia Falada para todos. Seu primeiro romance Fernando Pessoa, o Cavaleiro de Nada, uma autobiografia do poeta, foi finalista no Prêmio São Paulo de Literatura 2015. Depois do Vozes guardadas, seu décimo sétimo livro. E em maio deste ano de 2019, a multiartista lançou o seu Livro do avesso, o pensamento de Edite, pela editora Malê.

Flávia Oliveira

Participante

Formou-se em jornalismo na Universidade Federal Fluminense – UFF. É Técnica em Estatística pela Escola Nacional de Ciências Estatísticas – Ence. Tem 27 anos de experiência em jornalismo diário na cobertura de economia, indicadores sociais, empreendedorismo, desigualdades de gênero e raça, segurança pública. É colunista do jornal O Globo. Comenta economia nos telejornais Estúdio i e Edição das 18h, do canal GloboNews, e CBN Rio, da rádio CBN. Apresenta a temporada 2019 do programa Entrevista do Canal Futura. É membro dos conselhos consultivos da Anistia Internacional Brasil, da ONG Uma Gota no Oceano, do Centro de Estudos das Relações de Trabalho e Desigualdades – Ceert, do Observatório de Favelas e da Agência Lupa. Integra a comissão de matriz africana do Museu do Amanhã, no Rio de Janeiro.

Rodrigo Hübner Mendes

Mediador

É graduado em Administração de Empresas e Mestre em Gestão da Diversidade Humana pela Fundação Getúlio Vargas, onde atua como professor. Foi aluno do curso de Liderança e Políticas Públicas para o século XXI, na Kennedy School of Government - Harvard.  Iniciou sua carreira em 1998 como consultor na Accenture. Desde 2004, dirige o Instituto Rodrigo Mendes, organização sem fins lucrativos fundada por ele em 1994. O Instituto desenvolve programas de pesquisa e formação continuada na área da educação inclusiva em diversos países. O objetivo da organização é contribuir com a transformação do sistema público de ensino brasileiro em um modelo inclusivo, capaz de acolher a diversidade humana em sua plenitude. Rodrigo é empreendedor social Ashoka e membro do Young Global Leaders (Fórum Econômico Mundial). Atua também como consultor do Governo de Angola e conselheiro de diversas organizações. Tem dedicado a vida a garantir que toda pessoa com deficiência tenha acesso à educação de qualidade na escola comum.


11h30 às 13h

Mesa 2
O direito à educação no Brasil e as perspectivas para a educação integral

Participação:

José Henrique Paim Fernandes

Macaé Evaristo

Maria Thereza Marcílio

Rosana Rodrigues Heringer

Mediação:

Anna Helena Altenfelder

ver detalhes

11h30 às 13h

Mesa 2

O direito à educação no Brasil e as perspectivas para a educação integral

Esta mesa tem como objetivo debater os avanços e desafios da educação brasileira desde a Constituição Federal de 1988 e as perspectivas para a agenda de Educação Integral no País.

José Henrique Paim Fernandes

Participante

Professor da FGV/EBAPE, diretor do Centro de Gestão Municipal e Políticas Educacionais da FGV e consultor em Educação do Banco Interamericano de Desenvolvimento – BID. Trabalhou durante onze anos (2004 a 2014) no Ministério da Educação, onde ocupou as funções de Ministro de Estado, Secretário Executivo e Presidente do FNDE. Foi Diretor da Área Social do BNDES (2015 a 2016). Economista formado pela UNISINOS-RS, cursou Mestrado em Economia pela UFRGS e possui o título de Doutor Notório Saber em Educação pela UFRGS 1. Ao longo de sua trajetória pública, especialmente no Ministério da Educação, recebeu várias homenagens e condecorações em reconhecimento ao seu trabalho. No Estado do Rio Grande do Sul ocupou várias funções públicas e técnicas, sendo Secretário Municipal em Porto Alegre, na área de Captação de Recursos e Cooperação Internacional e secretário de Estado de Coordenação e Planejamento. Além disso, foi funcionário do Banco de Desenvolvimento do Estado do Rio Grande do Sul – BADESUL.

Macaé Evaristo

Participante

Graduada em Serviço Social pela Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais (1990) e Mestra em Educação pela Faculdade de Educação - FAE da Universidade Federal de Minas Gerais (2006). Professora da Rede Municipal de Educação de Belo Horizonte desde 1984, onde atuou na Coordenação e Direção de escola pública. Atuou como Gerente de Coordenação da Política Pedagógica, Secretária Adjunta e Secretária Municipal de Educação, no período de 2004 a 2012. Foi professora do Curso de Magistério Intercultural Indígena e coordenou o Programa de Implantação de Escolas Indígenas de Minas Gerais, no período de 1997 a 2003. Atuou como Secretária de Alfabetização, Diversidade e Inclusão do Ministério da Educação ( 2013-2014). Foi Secretária de Estado de Educação de Minas Gerais no período de 2015 a 2018. Atua principalmente nos seguintes temas: política educacional, movimentos sociais, inclusão e pluralidade cultural.

Maria Thereza Marcílio

Participante

Associada da Avante, como fundadora, desde 1991, tendo atuado como gestora institucional, membro do Grupo Gestor e, desde 2017, como Presidente. Responsável pela concepção, desenvolvimento e implementação de projetos pioneiros de formação continuada para professores de educação infantil e séries iniciais do ensino fundamental, com a elaboração de materiais pedagógicos para redes públicas de vários estados da federação.  Mestra em Educação pela Harvard Graduate School of Education da Harvard University, com concentração em educação infantil e séries iniciais. Licenciada em Pedagogia pela Universidade Federal da Bahia, e com formação em Psicologia Social, como coordenadora de Grupos Operativos pelo Instituto Pichon Rivière de São Paulo. Foi professora da Faculdade de Educação da UNB, Assessora Técnica da Coordenação de Educação Pré-Escolar (COEPRE) do MEC, Coordenadora do Programa de Integração da Universidade com o 1º grau na SESU/MEC e ocupou a Coordenação de Programas de Ensino da Secretaria Municipal de Educação e Cultura de Salvador. Como Gerente da Fundação João Souza Góes foi responsável pelo Programa de Incentivo à Leitura e criação de bibliotecas comunitárias. É coautora dos livros A direção do olhar adolescente: Focalizando a escola e O olhar de jovens sobre Direitos Humanos no Brasil, Currículo de Educação Infantil e Ensino Fundamental 1ª a 4ª série das escolas da rede SESI - BA e Currículo Unificado da Rede Municipal de Irecê, além de autora de artigos para revistas educacionais e coorganizadora das publicações Primeira infância em primeiro lugar: Experiências e estratégias em Advocacy e Educar para transformar. Atuou como consultora em programas/projetos de organismos internacionais do UNICEF, da UNESCO, e de fundações e institutos privados. Assessorou a Secretaria Estadual de Educação do Ceará e de diversos municípios do estado da Bahia. Foi consultora do Programa Pró-Infantil do MEC. Assessorou a ONG dinamarquesa MS na seleção de assessores brasileiros para trabalhar em projetos em Moçambique. Coordenou o Consórcio Social da Juventude na Região Metropolitana de Salvador, projeto do Ministério do Trabalho e Emprego, nas quatro edições. Integrou o Grupo Técnico l, coordenado pelo MEC, responsável pela elaboração dos Indicadores da Qualidade na Educação Infantil, tendo integrado os Grupo de Trabalho do MEC e do INEP sobre avaliação da educação infantil. Escolhida Global Leader for Young Children pelo World Forum on Early Childhood Care and Education para o biênio 2009-2011. Coordenou a Secretaria Executiva da Rede Nacional Primeira Infância, no biênio 2011-2012.  Em 2011 foi eleita para a Academia Bahiana de Educação e Academia de Ciências da Bahia. Atualmente, coordena o projeto Global Leaders for Americas da World Forum Foundation.

Rosana Rodrigues Heringer

Participante

 Doutora em Sociologia (IUPERJ), Vice-Diretora da Faculdade de Educação da Universidade Federal do Rio de Janeiro – FE/UFRJ (2016-2019). É professora e pesquisadora do Programa de Pós-Graduação em Educação e dos cursos de graduação da Faculdade de Educação da UFRJ. Coordenadora do LEPES – Laboratório de Estudos e Pesquisas em Educação Superior, da Faculdade de Educação da UFRJ. Foi professora adjunta da Universidade Federal de Viçosa e Diretora do Centro de Estudos Afro-Brasileiros da Universidade Candido Mendes. Publicou vários artigos e capítulos de livros sobre relações raciais, discriminação racial, desigualdades raciais, políticas de ação afirmativa, desigualdades no acesso e permanência na educação superior, desigualdades de gênero e direitos humanos. Publicações recentes: Educação superior no Brasil contemporâneo: estudos sobre acesso, democratização e desigualdades (organizadora) 2018; Race, politics and education in Brazil: affirmative action in higher education (coautora), 2015; Acesso e sucesso no ensino superior: Uma sociologia dos estudantes (coorganizadora), 2015; Expectativas de acesso ao ensino superior: Um estudo de caso na Cidade de Deus, Rio de Janeiro (2013, e-book). É conselheira do Fundo Elas de Investimento Social. Integra o Conselho da Campanha Latino-Americana pelo Direito à Educação (CLADE-Brasil), do IBASE, da CEPIA e do Criar Brasil.

Anna Helena Altenfelder

Mediador

Presidente do Conselho de Administração do CENPEC Educação. Pedagoga com especialização em psicopedagogia pelo Instituto Sedes Sapientiae, é mestre e doutora em Psicologia da Educação pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC-SP). Foi professora e coordenadora pedagógica do ensino básico e docente de cursos de pós-graduação latu sensu em Psicopedagogia. Atua há mais de quinze anos, no CENPEC Educação, já foi pesquisadora, formadora, autora de materiais de orientação para professores, gerente de projetos e superintendente.


14h30 às 16h30

Mesa 3
Currículo na educação integral

Participação:

Cássia Dias – EMEF Jose Inocêncio Monteiro

Karla Fornari de Souza – Escola SERTA

Keit Cristina Lira – SME São Paulo | CEFAI

Roger Vital de França Andrade – Rede de Ensino do Município da Serra

Valcenir Karai – Escola Guarani

Mediação:

Pilar Lacerda

ver detalhes

14h30 às 16h30

Mesa 3

Currículo na educação integral

A proposta formativa da educação integral pressupõe que os currículos subvertam a centralidade dos conteúdos e coloquem os sujeitos da aprendizagem e seu desenvolvimento integral como foco. Essa perspectiva curricular exige que as práticas de gestão e pedagógicas considerem processos dialógicos, contextualizados e inovadores e propiciem que os estudantes sejam ativos no seu processo de aprendizagem. Por exigir mudanças de padrão em vários níveis, esse deslocamento é um desafio para redes e escolas. O objetivo desta mesa é debater experiências concretas de escolas brasileiras que atuam nas diferentes etapas da educação básica e que colocam em prática, em diferentes contextos, a concepção de educação integral. 

Cássia Dias – EMEF Jose Inocêncio Monteiro

Participante

Cursou o Magistério no Colégio Major João Pereira em Itajubá. É graduada em História pela Fundação de Ensino e Pesquisa de Itajubá – FEPI; especialista em Educação: História, Cultura e Sociedade, pela Universidade de Taubaté; e estudante de Pedagogia pela Universidade de Taubaté. Atuou como professora do ensino fundamental dos anos iniciais da rede pública durante 19 anos. Atualmente, exerce a função de Coordenadora Pedagógica da EMEF José Inocêncio Monteiro, primeira escola de Tempo Integral de Tremembé-SP. Interessa-se por educação integral, políticas educacionais e história da educação.

Karla Fornari de Souza – Escola SERTA

Participante

Educadora Popular desde 1999, atualmente é estudante do Serta – serviço de Tecnologia Alternativa no curso técnico em Agroecologia. Mestra em Educação Popular pelo PPGE-UFPB (2014). Possui graduação em Educação Artística pela Universidade Federal de Pernambuco– UFPE (2001). É membro do Núcleo de Ensino, Pesquisa e Extensão em Educação de Jovens e Adultos e em Educação Popular (NUPEP- CE- UFPE), em que compôs a equipe técnica de elaboração dos Cadernos Pedagógicos do Programa Projovem Campo – Saberes da Terra e do Núcleo de Pesquisa, Extensão e Formação em Educação do Campo (NUPEFEC- CAA- UFPE). Fez parte da equipe de Coordenação Pedagógica dos Cursos de Aperfeiçoamento em Educação do Campo, nos Programas Projovem Campo–Saberes da Terra e do Escola da Terra (NUPEFEC-CAA-UFPE), nas duas edições realizadas em Pernambuco. É colaboradora da Escola Nacional de Formação da Contag (ENFOC), em que participa como Coordenadora e formadora do Curso de Formação Política para Trabalhadores e Trabalhadoras Rurais Idosos de Pernambuco, em suas duas edições. Além de ser colaboradora do Centro Paulo Freire de Estudos e Pesquisas (PE). Atua nas áreas de Educação, com ênfase em educação popular, educação do campo, educação de jovens e adultos e arte-educação. É também artista plástica e professora de capoeira Angola, a qual pratica desde 1992.

Keit Cristina Lira – SME São Paulo | CEFAI

Participante

Graduada em Psicologia pela Universidade Camilo Castelo Branco e especialista em Educação Especial, com ênfase em Deficiência Intelectual pela UNESP – Marília. Já atuou como professora e Diretora na Rede Municipal de Guarulhos, e professora na Rede Estadual de São Paulo. Atualmente, é professora na Rede Municipal de São Paulo e coordena o Centro de Formação e Acompanhamento à Inclusão da Diretoria Regional de Educação Itaquera. Interessa-se por educação inclusiva, educação especial e direitos humanos.

Roger Vital de França Andrade – Rede de Ensino do Município da Serra

Participante

Professor de Educação Física efetivo da Rede de Ensino do Município da Serra/ES desde 1990. Atualmente, Assessor Pedagógico da equipe de Educação em Tempo Integral do município da Serra. Doutor em Educação pelo Programa de Pós-Graduação em Educação da Universidade Federal do Espírito Santo, com estágio doutoral no ISEG – Universidade de Lisboa (PT), bolsista de doutorado sanduíche pela CAPES; Mestre em Educação Física Escolar pela Universidade Federal de Santa Catarina; Pós-Graduado em Educação Comunitária pela Universidade Federal do Espírito Santo; Pós-graduado em Treinamento Desportivo pela UNIVERSO; Graduado em História pela Universidade Federal do Espírito Santo; Graduado em Educação Física pela Universidade Federal de Sergipe

Valcenir Karai – Escola Guarani

Participante

Pilar Lacerda

Mediador

Possui graduação em História pela Universidade Federal de Minas Gerais – UFMG (1979) e especialização em Gestão de Sistemas Educacionais pela Pontifícia Universidade Católica – PUC-Minas (2001). Foi professora de História da educação básica (1976 a 2001); Diretora do Centro de Formação dos Profissionais da Educação da Prefeitura de Belo Horizonte (1993 a 1996); Secretária Municipal de Educação da Prefeitura de Belo Horizonte (2002 a 2007); Presidente Nacional da União Nacional dos Dirigentes Municipais de Educação – Undime (2005 a 2007); e Secretária de Educação Básica do Ministério da Educação (2007 a 2012). Atualmente é Diretora da Fundação SM Brasil.


16h30 às 18h

Conferência magna
Bernardo Toro e o Paradigma do Cuidado

Participação:

Bernardo Toro

ver detalhes

16h30 às 18h

Conferência magna

Bernardo Toro e o Paradigma do Cuidado

Diante de desafios históricos associados à grave instabilidade no País e no mundo, instituições educativas, estudantes e educadores vêm manifestando diversos sintomas preocupantes, entre eles, depressão, automutilação e outras formas de violência institucional.

Bernardo Toro, um dos mais importantes pensadores da educação e da democracia na América Latina, compartilha sua reflexão sobre o que defende ser o novo paradigma para a sociedade contemporânea: o "Paradigma do Cuidado" e o papel da educação para o fortalecimento da democracia.

Bernardo Toro

Participante

Diretor da Fundación AVINA (Colômbia) e Membro do Conselho Internacional do Instituto Ethos. Até 2018, foi coordenador da Superintendência de Cidadania do Fundo de Investimentos para a Paz (FIP) da Presidência da República da Colômbia. Foi Presidente da Corporação Long Live Citizenship, um acordo da sociedade civil para o desenvolvimento do Constituinte e Constituição colombiana. Ele também foi presidente do Centro Colombiano de Responsabilidade Corporativa (CCRE) e da Confederação Colombiana de ONGs (CCONG). Foi fundador e diretor por onze anos da revista Education Today, Latin American Perspectives; Professor visitante do OISE da Universidade de Toronto; e Decano Acadêmico da Faculdade de Educação da Pontificia Universidad Javeriana em Bogotá. Foi consultor temporário do UNICEF, do Banco Mundial e do BID para a América Latina,nas áreas de Educação, Comunicação e Mobilização Social. Ele é Doutor Honorário da Universidad Nacional de Cuyo, de Mendoza (Argentina); Mestre em Pesquisa e Tecnologias Educacionais pela Universidad Javeriana de Bogotá; Filósofo pela Universidad de San Buenaventura de Bogotá; e possui estudos em Matemática e Física pela Universidad Del Quindío. Atuou, em diferentes períodos, como professor universitário e assessor dos Ministérios da Educação e Comunicações da Colômbia, Brasil e México, entre outros. É Senior Fellow (2002) do Instituto Synergos de Nova York.


Iniciativa

Logo Fundação SM

Parcerias

Logo CIEDS Logo Alana Logo Instituto Rodrigo Mendes Logo Instituto Tomie Othake Logo SM

Parcerias técnicas

Logo CENPEC Logo Centro de Referências em Educação Integral

Realização

Logo Fundação SM Logo Fundação Roberto Marinho Logo Futura Logo SESC